-Publicidade -spot_img

Cuidar da boca e dos dentes é essencial para a saúde

Data:

Compartilhar talher, copo e beijar pode disseminar o coronavírus

O cuidado com a saúde bucal é primordial, inclusive com as doenças que podem ser compartilhadas quando se usam talheres, copos e outros itens, sem a devida higiene.

O risco é de se adquirir doenças que são transmitidas pela saliva, como o novo Coronavírus, além de: mononucleose, caxumba, herpes simples, hepatite, catapora, gripe e algumas Doenças Sexualmente Transmissíveis.

A cirurgiã-dentista Ianara Pinho esclarece que o atendimento no consultório passou por ajustes, com desinfecção intensificada, tanto nos ambientes e roupas de proteção, com a inclusão de máscara N95/PFF2, avental descartável e impermeável e protetor facial, além dos demais itens de biossegurança já utilizados habitualmente. “A saliva muitas vezes serve como meio de transporte para vírus, bactérias e outros microorganismos.  É preciso redobrar a atenção, lavando bem as mãos com água e sabão ou higienizando-as com álcool 70%, quando não for possível lavá-las. O uso de máscara cobrindo o nariz e a boca é outra ação importante no combate ao vírus. Essas atitudes diminuem a proliferação do novo Coronavírus e outros microorganismos que circulam invisíveis”, destaca.

Os cuidados com a saúde bucal contribuem para a melhora da imunidade do indivíduo.

Escovação adequada, uso de fio dental e alimentação balanceada também favorecem a imunidade. Mesmo que haja contaminação por algum vírus, os danos à saúde são, em geral, minimizados. “Dessa forma é provável que tenhamos menos complicações”, acrescenta a especialista.

No dia a dia, até mesmo nossas escovas dentais devem ser higienizadas frequentemente.

Ianara Pinho explica que, borrifar Gluconato de Clorexidina a 0,12%, comercializado em farmácias, ajuda no controle dos microorganismos que se depositam nas escovas de dentes. 

Doenças transmitidas pela boca

A mononucleose conhecida como “doença do beijo” não demonstra sinais ou apenas sintomas facilmente confundíveis com um quadro gripal, é transmitida pelo vírus Epstein-Barr.

A caxumba pode causar inchaço no pescoço e na lateral do rosto. Há casos em que provoca dores no corpo, febre e dor ao mastigar e engolir.

A candidíase, também conhecido como sapinho, é uma infecção causada por um fungo e sua transmissão se dá através do beijo ou relação sexual.

A herpes simples é causada pelo vírus HSV-1 e se caracteriza por lesões normalmente no canto da boca. É considerada uma doença cujo tratamento paliativo se dá por meio de antivirais.

O vírus Varicella-Zoster, causa a popularmente conhecida, catapora. Ela pode ser transmitida por meio da saliva e é caracterizada por diversas manchas vermelhas ou úlceras no corpo. O mesmo vírus da varicela pode causar uma outra doença mais grave, a Hespes-zoster.

A gripe também é bastante comum, principalmente em virtude das variações de temperatura, comuns no Distrito Federal. Pode causar febre, dor de cabeça, coriza e fadiga. O tratamento é apenas sintomático e se dá com antitérmicos, alimentação leve, hidratação e repouso.

Corpo Clínico

Ianara Pinho é Cirurgiã Dentista formada pela Universidade de Brasília – UnB. Pós-Graduação Latu Sensu em Odontopediatria pela Associação Brasileira de Odontologia – ABO-DF.

Serviço:

Ianara Pinho Odontologia

Rua 07 Norte, Lotes 3, 5 e 7, Loja 21 – Max Mall – Águas Claras

www.ianarapinho.odo.br